Resenha: No Limite da Ousadia – Katie Mcgarry

Postado em Atualizado em

wpid-img_20141015_185458_347-1.jpgSinopse:

No limite da ousadia conta a história de Beth Risk, a amiga durona de Noah, de No limite da atração. Este livro é um spin-off, passando-se no mesmo universo do primeiro, com participações especiais de Isaiah, Noah e Echo. Se você já é fã de No limite da atração ou está descobrindo este mundo agora, certamente vai se deixar envolver pela paixão perigosa e arrebatadora de Beth e Ryan. Beth é uma garota durona e tatuada que precisa cuidar da mãe drogada. Quando ela assume um crime para salvar a mãe, seu tio, um rico esportista aposentado, consegue a guarda da sobrinha e a leva para começar uma vida nova na cidadezinha do interior em que ele mora. E assim Beth se vê morando com uma tia que não a quer e frequentando uma escola onde ninguém a compreende. Exceto um único cara, que não poderia ser mais diferente dela… Ryan é o menino de ouro — um badalado jogador de beisebol, filho de um dos casais mais influentes da cidade. Ele e seus amigos gostam de fazer apostas envolvendo desafios que devem cumprir, e Ryan nunca perde. Por fora o atleta popular que todo mundo adora, ele está prestes a aprender que nem tudo é o que parece. O que começa como uma aposta se torna uma atração irresistível que nem Beth nem Ryan haviam previsto. Sem se dar conta, o cara perfeito vai arriscar seus sonhos — e sua vida — pela garota que ama. E ela, que não deixa ninguém se aproximar, vai se desafiar a apostar todas as fichas nesse amor. Com aparições de Noah, Echo e Isaiah, de No limite da atração, este livro conta a história de um amor que vai se construindo aos poucos, num jogo sedutor de vulnerabilidade e confiança.

No limite da Ousadia chegou no Brasil para abalar os alicerces! Eu amei esse livro demais, muito melhor que o antecessor. E olha que eu não esperava muito, já que eu não gostava da Beth no outro livro. Pois bem, aqui vamos nós!

Eu já tinha lido o livro antes e é CLARO que não deixaria de ler de novo pela verus!

No primeiro livro da série conhecemos Beth como a garota rebelde, drogada e encrenqueira. Esqueçam tudo sobre essa Beth, em No Limite da Ousadia conhecemos a verdadeira Beth Risk !

Beth teve uma infância difícil, com uma família negligente com exceção do seu tio Scot.
O rico e famoso jogador de Baseball, para manter sua mãe em liberdade Beth é obrigada a voltar para sua cidade natal, para morar com seu tio. Lá ela se vê envolvida em um desafio com o lindo e charmoso Ryan Stone o típico garoto atleta e popular que não gosta de garotas como ela, ou será que gosta?

Ryan é um jovem talentoso e o mais popular da escola que adora desafios e não perde nunca! Ele é o filho perfeito de uma família perfeita. Bom, pelo menos essa é a imagem que seus pais o obrigam a passar.

“Conheço meus limites, e, se alguém me despedaçar de novo, e nunca vou conseguir ter forças para juntar os cacos.” – Beth para Ryan

Tudo começa com um desafio, sim , a premissa do livro é bem clichê. Mas, o que vemos em No Limite da Ousadia é um clichê não clichê. Ryan apesar de ser o garoto de ouro, é bem sensível e ele realmente acha a Beth interessante, apesar da aparência e do comportamento. E Beth não é a insensível rebelde que vemos em No limite da atração, ela é uma garota que teve os sonhos destruídos muito cedo da pior forma possível , além de passar muitos mal bocados pelas horríveis escolhas da mãe. Em suma, Beth consegue se reencontrar, aprende a confiar e amar mas sem deixar de ser ela mesma e Ryan aprende a se impor e a fazer suas próprias escolhas sem se importar com as aparências.Além de claro ambos encontrarem o verdadeiro amor.
wpid-img_20141015_185507_259-1-1.jpg

“Essa é a nossa chuva Beth. Eu disse que te amava nesta chuva e quando você duvidar das minhas palavras, eu quero que você olhe para esta garrafa” – Ryan para Beth.

Eu amei No Limite da Ousadia, tudo que eu esperava que tivesse em No Limite da Atração a autora colocou nesse! E olha que eu pensei que fosse ter aqui mais um daqueles clichês a La sessão da tarde. Adorei o Ryan, ele é fofo e romântico, basicamente a “mulher” da relação rs. E a Beth é linda demais, muito guerreira, me sinto até mal por não ter gostado dela no primeiro livro. A química entre Ryan e Beth é perfeita! E a cena dela subindo a janela do quarto dele foi demais!
Se você quiser rir, chorar, se emocionar e se apaixonar esse é o livro certo!
ASS ULY
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s