Resenha: Incontrolável – Sylvia Day

Postado em Atualizado em

image

Nessa quarta , dia 27, eu fui ao lançamento do livro ‘Incontrolável’, da autora – e queridinha do new adult- Sylvia Day lançado aqui pela Universo dos Livros. Você com certeza já ouviu falar dela, e se não em que buraco você vive? , ela é a autora da série Crossfire, e outras diversas séries que estão sendo vendidas por varias editoras diferentes aqui no Brasil.
image

O livro faz parte da série ‘Historical’ , o segundo.As capas seguem um padrão – como todas as séries da Sylvia – , e a capa de ‘Incontrolável’ é um anel de esmeralda, e tem uma textura fosca, que infelizmente faz seus dedos deixarem marcas, mas mesmo assim é linda demais.

A historia se passa em duas partes, a primeira começa em 1815, e é bem curta. Basicamente mostra como Lorde Grayson, um libertino conhecido convence Lady Pelham – conhecida como Pel- a participar de um casamento conveniente para ambos. Para Grayson há a vantagem de irritar sua mãe, casando se com alguém que ela considera abaixo dos padrões para o Marques de Grayson. E para Pel, o fim dos incontáveis pedidos de casamento e declarações de amor por parte de seus amantes.

-Bom,já que vou ser perturbada- ela disse.- que ao menos seja por um visão tão agradável quanto a sua,

O marquês de Grayson sorriu para ela,com seus cabelos castanhos emaranhados e os profundos olhos azuis envoltos em vermelhidão. Estava sem gravata e a gola da camisa estava aberta, revelando sua garganta dourada e alguns fios de cabelo preto emergindo de seu peito.

Aparentemente, também estava sem colete, e Isabel não conseguiu esconder um sorriso.Gray se parecia demais com Pelham na época em que o conhecera, há nove anos. Fora um tempo feliz;curto, mas feliz.

– Oh, Romeu,Romeu!- ela recitou, sentando-se na beira da janela. -Por que és tu…?

-Oh, por favor,Pel – ele gemeu, interropendo-a com sua risada grave.- Deixe-me entrar. Está frio aqui fora.

Nos primeiros meses de casamento eles desenvolvem uma amizade invejável, mesmo sem ter um casamento tradicional. Seus diálogos são divertidos e espontâneos, e dava vontade de anotar cada cena deles no meu caderno de referências. Eles vivem em comunhão, até que um tragédia abala a vida de Lorde Grayson e ele desaparece por quatro anos.

Quando ele volta, Greyson é um homem mudado. Ele esta decidido a aproveitas as belezas da vida, e isso inclui sua linda esposa. Ele esta mais maduro, mas ainda é tão insistente e confiante quanto o jovem que foi embora quatro anos antes. Pel esta tentada pelo homem que seu marido se tornou, mas não quer um casamento tradicional. Ela quer manter as coisas como são, mesmo Greyson não fazendo isso nada fácil.

Eu adorei a formo como Sylvia escreveu esse livro. Tendo lido apenas a série Crossfire dela, eu esperava um ambiente mais sombrio, e fiquei bastante empolgada com a narrativa leve e divertida que fui apresentada. Pel também foi uma variação interessante para uma protagonista de um livro histórico, ela é sedutora e absolutamente verdadeira, e causa varias polemicas entre a sociedade de Londres com suas liberdades extra conjugais. E uma perspectiva diferente, quando não temos apenas um libertino, mas uma libertina como protagonista.

E Greyson faz jus a esposa. Ele faz de tudo pra conquistar seu coração ferido, mudando de táticas e fazendo planos a todo momento. Sinceramente, Lady Pelham não tinha a menor chance com esse homem.

image
Autografo da Sylvia ❤

E além deles, temos a historia de Rhys, irmão de Lady Pelham, e Abby, uma órfã espertinha. A historia deles acontece entre os dramas do casal Greyson e é igualmente divertida. Ver Rhys ter todos os seus ideais sobre ser pratico jogados por terra não tem preço.

-Você está me olhando demais – ele comentou.

-Você também – ela respondeu, com uma franqueza que o fez lembrar de Bella – Eu tenho uma desculpa. Você não. Ele ergueu as sobrancelhas.

-E qual é a sua desculpa? Talvez eu possa usá-la também.

Ela sorriu, e ele de repente sentiu um calor desconfortável.

-Duvido.Veja bem, você provavelmente é o homem mais bonito que eu já vi. Confesso que meu cérebro precisou de um tempo pra reclassificar minhas noções de beleza masculina para poder compreender totalmente a sua.

E um ótimo livro e eu estou ansiosa para ler o livro do Spencer, irmão do Lorde Greyson. Mesmo tendo vontade de estrangular ele em alguns momentos, mal posso esperar.  Esse definitivamente merece um 10!

subpost

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s