Eu assisti: Hércules de Brett Ratner

Postado em Atualizado em

Hercules-The-Rock-HD-Wallpaper-3-26-2014-01Baseado no HQ “Hercules – The Thracian Wars”, o filme de Brett Ratner trabalha a lenda do herói grego de uma forma especialmente divertida. Mas quando se tem Dawney Johnson como o guerreiro lendário, fazer o contrario séria complicado. A trama desmonta a lenda do herói aos poucos, apresentando seus trabalhos em forma de estórias contadas por seu sobrinho Iolaus no decorrer da trama, com objetivo de inspirar temor nos seus inimigos. Mas Ratner também cria a dúvida ao desmentir algumas destas, para feitos mais ‘humanamente’ possíveis. Ele brinca com essa ideia ao mesmo tempo que demostra a força extraordinária do personagem, principalmente no final do filme, deixando a decisão de acreditar na lenda por nos mesmos.

Quem é você? A lenda… ou a verdade por trás da lenda? Quem é você?

Hercules-New-Picture

Nessa versão, Hércules é o líder de um grupo de mercenários que buscam fazer um ultimo trabalho, com o objetivo de finalmente conseguir sua liberdade. Esse trabalho acaba aparecendo como uma oferta do Rei Cotys, governante da Trácia, que o pede para expulsar Rhesus e seu exercito de suas terras.  Por seu peso em ouro.

E seguindo Hércules nessa jornada estão seus companheiro, que em algum momento foram salvos por ele, e são infinitamente leais; Atalanta, um arqueira amazona; Autolycus, seu melhor amiga desde a infância; Amphiaraus o mistico;Tydeus, um bárbaro selvagem que foi encontrado em uma zona de guerra, que é meu preferido! E Iolaus, que apesar de não ser um guerreiro, acompanha os mercenários.

H-7

Eu estava com um pouco de medo do filme porque as criticas que eu li não tinham sido muito boas. Mas foi um medo bobo. Hércules cumpriu-o todas as minhas expectativas, como um filme de aventura. Apesar do filme ser meio parado no meio, isso é compeçado no final. Eu adorei ver Dwaney como Hércules, ele se enquadra bem na minha visão do personagem. E foi muito refrescante como o romance no filme é nulo! Eu até gosto de um romance, mas eu acho que a estória não pedia isso, e ainda estou um pouco traumatizada pelo filme homônimo – protagonizado pelo meu true love, Kellan Lutz

subpost

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s