Crítica : 50 Tons de Cinza

Postado em Atualizado em

10965744_937848052906797_558542287_n

Hoje, dia 12 de fevereiro, estreia nos cinemas a adptacão do best seller, 50 tons de cinza. O filme ficou no armário por um ano depois do fim das filmagem. O filme é estrelado pro Dakota Johnson e Jamie Dornan e dirigido por Sam Taylor-Johnson.  E fomos a pré-estreia que teve na meia-noite de hoje e aqui vai a nossa opinião;

A escolha da direcão foi uma das melhores coisas sobre o filme. Sam teve uma boa mão pra ajustar o roteiro e o trabalho de câmera ficou no ponto certo nas cenas criticas.Apesar do filme ser corrido, o que pode prejudicar o entendimento do publico que não leu o livro, isso se deve mais a estória que a qualquer outra coisa.

A atuacão do elenco principal foi quase perfeita, mas a censura e o cortes prejudicaram muito, principalmente para Jamie Dornan, que foi um Grey fenomenal em alguns aspectos, mas faltou com certa firmeza em algumas cenas.

10979392_937848129573456_1080750019_n

Em comparacão, a Ana de Dakota não só foi bem adptada, como também melhorada. Divertida e sensual, a personagem perde aquele lado chato da serie de livros.

Tumblr_n981mrtM041rmteaoo3_500

O elenco coadjuvante também merece créditos, que apesar de não terem sido aproveitados no filme , tanto Grace, Kate, Elliot,Mia e etc… Todos fizeram um trabalho incrível.  Acho que por isso mesmo sentimos tanta falta de cenas por fora da  vida do casal.

No geral o filme foi bem adaptado, mas ele sofreu muito com cortes. Muitas das cenas em que acompanhamos por fotos das filmagens não foram ao ar. Gostaríamos de poder ter acesso ao plano original, mais focado ao publico dos livros. Acreditamos que sem os cortes, o filme ficaria mais real e menos comercial.Eles focaram tanto em fazer um filme para “todos” que deixou a desejar na sensualidade. O Grey ia de extremamente rígido a um homem super cauteloso. As cenas de sadomasoquismo foram muito fracas, elas foram tão inexistentes que não se pode nem chama-las de sadomasoquistas(Ao ponto de pensar, BATE QUE NEM HOMEM!).

tumblr_njlgrpOgH81u9zwy7o1_500

Contudo, como romance o filme foi bom. A típica comédia romântica, com pitada de drama. A trilha sonora do filme foi outro ponto positivo. Músicas perfeitas, para cenas exatas. De 1 a 10, nós damos nota 7. Agora, é aguardar para ver como será 50 tons mais escuros.

adm

Anúncios

Um comentário em “Crítica : 50 Tons de Cinza

    Ruama Gomes disse:
    12 de fevereiro de 2015 às 20:02

    Eu nunca li nenhum dos livros, por falta de interesse mesmo. Mas eu estou um pouco curiosa com o filme.
    Eu entendi que vocês, leitores, querem ver tudinho nas telinhas. Mas se for pensar como o cara que vai produzir e dirigir um filme, você percebe que não pode rolar tanta coisa assim. Acho que a questão do sadomasoquismo, foi bem selecionada. Eles ainda não podem colocar TANTO uma cena explícita, como imagino que seja no livro, no cinema. Ainda há um preconceito muito grande pra isso. Temos que lembrar que há alguns anos, o sexo era um tabu, e as mulheres eram as bonequinhas do cinema.
    E para o filme ser aceito no cinema, ele precisa cumprir mil regras.
    Assistirei o filme por simples curiosidade, mas vou ficar de olho nesses pontos que você disse.

    Beijos da Tia Ruuh.
    http://www.pequenaleitora.com

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s