Resenha: Como eu era antes de você – Jojo Moyes

Postado em Atualizado em

CYMERA_20150519_130112Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

IMG_20150406_010935

Acho que um dos meus maiores arrependimentos vai ser ter demorado tanto pra ler esse livro fantástico. Incrivelmente maravilho! Eu não sou de ler romances, principalmente romances dramáticos, mas esse livro é tão bonito e bem feito em vários aspectos diferentes que chega a ser difícil ter por onde começar. Jojo Moyes conseguiu me emocionar de uma forma que pouco livros conseguiram em anos. Não tenho certeza se já fiquei realmente tocada – e afetada – por uma estória como fiquei com ‘Como eu era antes de você’. Estou ansiosa por ler mais trabalhos da autora, que já tem um bom número de livros publicados aqui pela Intrínseca.

Eu não esperava um livro tão intenso. Até o comecinho do livro eu estava em plena expectativa de uma estória aguá com açúcar com um final trágico, ou no mínimo triste. Aquela mistura que um monte de autores atuais gosta de fazer. Mas eu não estava preparada para o turbilhão de emoções que  ele ia me fazer viver. Esse é um dos grandes pontos da escrita da JoJo Moyes, ela te deixa absolutamente a flor da pele durante quase todos os capítulos. Eu tive meu coração rasgado e pisado em vários momentos para no seguinte ser cuidado com todo amor que os personagens passam.

Ás vezes Clarke, você é a única coisa que me dá vontade de levantar da cama.

A autora aborta temas super delicados de diversos pontos diferentes e te faz refletir sobre o ângulo de cada um através de uma determinada situação. Ao mesmo tempo em que você torce loucamente por aquela vaga esperança de um final feliz entre Lou e Will, você compreende que não é tão fácil alguém tomar uma decisão; Não existe aquela obrigação de superar tudo pelo amor, e nem sempre a forma que você imagina que tudo deve acontecer é a certa. Existem casos e casos; As pessoas são naturalmente muito diferentes e nem mesmo estando em uma mesma situação vão reagir da mesma forma; É isso não faz ninguém mais forte ou fraco, mas alheio ou dedicado, é apenas natural. Ela explora muito isso no geral, não só com os protagonistas mas com os personagens que eles convivem diretamente.

IMG_20150406_010857-vert

Uma das coisas mais fabulosas é como ela torna ele real. Tanto a forma como as emoções dos personagens vão se desenvolvendo no decorrer da estória como as limitações impostas para eles em diversas situações faz tudo tão verdadeiro. Acho que esse é um dos motivos que eu senti tanto esse livro; eu odiei Lou e Will, para em seguida os amar e então querer estrangulá-los e abraçá-los logo depois. É mesmo com todos problemas que os personagens enfrentaram, a estória é tão cheia de possibilidades, de esperanças. Eu tinha uma noção vaga que o final não ia ser como eu queria, mas mesmo assim estava cheia de fé que Lou ia conseguir realizar seus objetivos com Will e ia ser maravilhoso para ambos e pra mim.

E sabe o que? Ninguém quer ouvir esse tipo de coisa. Ninguém quer ouvir você falar que está com medo, ou com dor, ou apavorado coma possibilidade de morrer por causa de alguma infecção aleatória e estúpida. Ninguém quer ouvir sobre como é saber que você nunca mais fará sexo, nunca mais comerá algo que você mesmo preparou, nunca vai segurar seu próprio filho nos braços. Ninguém quer saber que às vezes me sinto claustrofóbico estando nesta cadeira que tenho vontade de gritar feito louco só de pensar em passar mais um dia assim.

Só sei dizer que você me transformou… numa pessoa que eu nem imaginava.Você me faz feliz, mesmo quando é horroroso. Prefiro esta com esse você que você deprecia do que qualquer outra pessoa no mundo.”

Deus, como eu chorei. Eu definitivamente nunca chorei tanto depois de ler algo. É foi aquele choro de soluços dolorosos, que vem lá de dentro sabe? Eu tive Taylor Swift tocando para lamentar por um longo tempo e meu rosto inchado durantes horas depois de concluir o livro; Mesmo agora meu coração ainda esta com aquela dor suave que eu sei que vai trasbordar se eu ler apenas umas frases novamente; E mesmo assim eu leria de novo e de novo apenas pra persistir nesse encanto que ele me deixou, apesar de tudo. Essa sensação aconchegante que apenas algumas estórias conseguem deixar.

IMG_20150406_011107

O livro esta sendo adaptado para o cinema e as filmagens começam agora em abril. Lou vai ser interpretada pela Emilia Clarke ( Daenerys Targaryen de Game Of Thornes. ) e o Will – absolutamente lindo e doce Will – pelo ator Sam Claflin ( Alex de Love Rose.) A autora também resolveu escrever uma continuação contando um pouco sobre o futuro de Lou e os demais personagens chamada ‘After you ( Depois de você.)’ que vai ser lançada em setembro, uns meses antes do lançamento do filme.

jojo

Concluindo, o livro foi maravilhoso e tão magico como só um romance pode ser. Jojo Moyes fez um excelente trabalho e eu sou incrivelmente grata por ter lido. Se você já leu deixe sua opinião e se não: leia. Leia sem medo, é uma experiencia maravilho. Literalmente o livro de uma vida.

É isso. Você está marcada no meu coração, Clark. Desde o dia em que chegou, com suas roupas ridículas, suas piadas ruins e sua total incapacidade de disfarçar o que sente. Você mudou a minha vida muita mais do que esse dinheiro vai mudar a sua.
Não pense muito em mim.Não quero que fique toda sentimental. Apenas viva bem.
Apenas viva,
com amor,
Will.”

subpost

Anúncios

Um comentário em “Resenha: Como eu era antes de você – Jojo Moyes

    TAG: Taylor Swift Book Tag « It Geek Girls disse:
    13 de junho de 2015 às 09:59

    […] Como eu era antes de você de longe é o livro que mais me fez chorar na vida. Nossa, eu fiquei desolada mesmo; e mesmo assim amei o livro e sei que vou reler ele porque a estória é incrível e vale cada lagrima que eu derramei. […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s