Critíca: Unbreakable Kimmy Schmidt

Postado em Atualizado em

jN0PN0iEu comecei a assistir essa série sem ao menos saber do que se trata. Eu assisti a abertura no youtube por acaso e a música grudou na minha cabeça, então corri pro Netflix satisfazer minha curiosidade. Eu amo sitcons, é Kimmy esta subindo ao pódio com minhas preferidas. A série foi lançada em março com apenas 13 episódios, mas já teve a segunda temporada confirma.

Unbreakable Kimmy Schmidt conta sobre Kimmy, uma mulher que passou 15 anos em reclusão em um abrigo subterrâneo com outras trés mulheres sequestradas por um fanático religioso, que as fazia crer que o mundo estava inabitável depois de um apocalipse biológico. Depois de resgatadas, todos tentam seguir sua vida, e Kimmy vai para Nova York, onde decide ficar. Logo ela encontra um trabalho como assistente – ou caseira, babá,empregada. – de Jaqueline, um ex-índia atualmente super loira e rica que é o clichê andante da classe alta americana. E vai morar em um porão com Titus, um astro da Broadway fracassado e super gay. Kimmy tem que lidar com o desafios de ser uma mulher congelada nos anos 90 nos tempos atuais, rendendo diversas situações engraçadas.

UNBREAKABLE-KIMMY-SCHMIDT-notícia

Um dos maiores pontos da série é a própria Kimmy, que apesar de ter passado anos fora da sociedade se torna uma pessoa relativamente inocente, mas nada estupida. Ela entra com um monte de referencias da cultura pop dos anos 90 e aquelas tiradas da sua feminista interior quando você menos espera. Em um momento ela esta fazendo algo super engraçado e na seguinte dando uma lição de independência.

Na verdade a série é cheia de criticas sociais feitas de forma dinâmica e engraçada, dando um lado mais educativo a sitcon. Um claro exemplo disso é Titus, que faz varias afirmações diretas ao preconceito que recebe por ser um homem negro, pobre e gay em New York. Umas das melhores é quando ele se recusa a retirar a fantasia de lobisomem do seu novo trabalho, porque um lobisomem é muito mais bem tratado do que ele diariamente.

Titus e Kimmy cantado o 'the cicle of life' do Rei leão. Achei ultra fofo. <3 rs
Titus e Kimmy cantado o ‘the cicle of life’ do Rei leão. Achei ultra fofo.

Outro ponto é a personagem de  Jane Krakowski, Jacqueline, que é a unica que consegue roubar a cena em alguns momentos da protagonista. Ela faz uma perfeita sátira a mãe de classe alta em Manhattan. Temos um um breve resumo sobre seu passado e as dificuldade que ela passa – cirurgias estéticas, um casamento distante, falsos amigos.. – para manter seu estilo de vida. 

unbreakable_kimmy_schmidt_trailer_h_2014

Com certeza ‘Unbreakable Kimmy Schmidt’ é uma série que eu vou rever muito durante o ano, principalmente pra diminuir a ansiedade até o lançamento da segunda temporada. Como toda série original do Netfflix, ela é absurdamente bem feita e me prendeu do primeiro ao ultimo episodio. Vai ser um loooooongo ano. Y-Y

subpost

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s