Crítica: Vingadores – Era de Ultron

Postado em Atualizado em

avengers-marvel

Vingadores: Era de Ultron estreou aqui no Brasil Quina-Feira dia 23 Abril, e segundo o Hollywood Reporter o filme já arrecadou mais de 10 milhões de bilheteria aqui no Brasil( e não faz nem uma semana que estreou).  Nos Estados Unidos a estréia está agendada para 1 maio, a estimativa é de que seja arrecadado mais de 200 milhões(no primeiro final de semana nos E.U.A) o filme é de fato um dos mais aguardados do ano. O filme é dirigido por Joss Whedon, que também é roteirista junto com Stan Lee e Jack Kirby.

Ontem, Sábado dia 25 de Abril, finalmente fui assistir Vingadores: A Era de Ultron. Assim como todos (ou quase todos) que foram assistir o filme, eu estava ansiosa para rever esses heróis lutando juntos novamente. Além de claro, ver os novos personagens como A Feiticeira Escarlate, Mercúrio e Visão. Minha critica será em cima dos acontecimentos do filme. Logo, se você leu HQ não espere uma comparação de HQ vs Filme.

O filme já começa com ação( o que é muito bom), e quando eu digo que já começa com ação é no modo literal. Nossos vingadores vão em busca de algo muito importante, não vou dizer o que é pois seria um mini-spoiler, apenas direi que vem de  Asgard.

ZZ1DA53BA9

E é durante essa busca pelo artefato Asgardiano, que Tony Stark(Robert Downey Jr) tem seu encontro com a irmã Maximoff: Wanda(a feiticeira escarlate) que é interpretada pela atriz Elizabeth Olsen. Vocês vão lembrar dela de Godzilla e de uma pequena aparição em Capitão América 2 : O Soldado Invernal.

Wanda como todos sabem, é uma mutante, mas devido a questões de direitos contratuais. Não só a ela como seu irmão Pietro tem seus poderes originados por experiência genéticas realizados pela H.I.D.R.A.

Com um de seus poderes que é a manipulação, Wanda controla a mente de Tony e faz com que ele tenha uma visão catastrófica do futuro. Um futuro obscuro, devastado, sem esperança, onde nem Os Vingadores tiveram uma chance.

Essa visão impulsiona Tony com a ajuda de Bruce(Mark Ruffalo) na criação de Ultron(voz de James Spader), uma inteligência artificial com o objetivo de englobar o mundo na paz mundial. Entretanto,  como todo ser máquina pensante,  Ultron possui sua própria teoria de Paz mundial. E os humanos estão condenados, logo qual é solução? Extinção/Evolução.

23e68df5610a943fb17175b342ed22175aa6246f

The-Avengers-Age-of-Ultron-645x370                                        (O Ultron originalmente foi criado pelo Homem Formiga)

Os novos personagens do filme ficaram ótimos. Eu adorei Os Irmãos Maximoff. Elizabeth Olsen e Aaron Taylor-Johnson, incorporaram bem os papeis de Wanda e Pietro.

tumblr_ndvlv9XNVN1toqzhro2_500

(Elizabeth Olsen e Aaron Taylor-Johnson atuaram juntos em Godzilla, onde fizeram o casal Elle Brody e Ford Brody)

E o que dizer do Visão? Maravilhoso, o nascimento dele deu um frisson na barriga. Paul Bettany está de parabéns, saiu dos bastidores das vozes para as lentes das câmeras com sucesso.

71414

Alguns personagens tiveram uma abertura maior nesta sequencia como O Gavião Arqueiro (Jeremy Renner),o filme mostra um lado dele até então desconhecido. Romances também que não existiam passaram a ter. É deles mesmo que estou falando: Natasha(Scarlett Johansson) e Bruce. Me matem se quiserem, mas achei o romance forçado. Acho que eles poderiam ter inserido aos poucos, de uma forma mais sutil(não desaprovo um romance entre os personagens, apenas a maneria que desenvolveu).

Mark-Ruffalo-Scarlett-Johansson-Avengers-Age-of-Ultron-photo

Bom, eu gostei do filme de uma nota de 0 a 10 e daria 8,5. Diria que gostei mais do primeiro filme que deste, porém teve coisas nesse segundo filme que gostei mais, como os novos personagens que foram introduzidos. Eles ficaram realmente muito bons. As cenas de ação continuam perfeitas, as lutas, os efeitos especiais, tudo. A trilha sonoro do filme deixou um pouco a desejar, não que seja ruim, mas em comparação ao primeiro filme, desapontou.

E se vocês estão se perguntando se ele o eterno Stan Lee aparece no filme, a resposta é obvia: Sim. Como em todos os filmes da Marvel, ele não pode deixar de fazer sua aparição cômica clássica.

Assim como em todos os filmes da Marvel, Vingadores: Era de Ultron continua com a pegada de comédia. A cena em que eles tentam levantar o martelo do Thor(Chris Hemsworth) foi hilária(não é spoiler, pois tem em um dos trailers) , os personagens continuam espiritosos e com o humor ácido. Eu adoro isso.E irei assistir novamente

ASS ULY

Anúncios

2 comentários em “Crítica: Vingadores – Era de Ultron

    Rebecca Veiga disse:
    26 de abril de 2015 às 16:58

    Esse filme ❤ Quero voltar ao cinema para assistir de novo logo! Ri MUITO com a aparição do Stan Lee! Ai, esse senhor ainda me mata do coração! Muito boa a crítica! 😀

    Curtido por 1 pessoa

      itgeekgirls respondido:
      27 de abril de 2015 às 10:31

      Obrigada flor. Como sempre o Stan Lee não deixa de fazer suas aparições cômicas rs

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s