Resenha: Um Mais Um – Jojo Moyes

Postado em Atualizado em

capapost11Sinopse:Há dez anos, Jess Thomas ficou grávida e largou a escola para se casar com Marty. Dois anos atrás, Marty saiu de casa e nunca mais voltou. Fazendo faxinas de manhã e trabalhando como garçonete em um pub à noite, Jess mal ganha o suficiente para sustentar a filha Tanzie e o enteado Nicky, que ela cria há oito anos. Jess está muito preocupada com o sensível Nicky, um adolescente gótico e mal-humorado que vive apanhando dos colegas. Já Tanzie, o pequeno prodígio da matemática, tem outro problema: ela acabou de receber uma generosa bolsa de estudos em uma escola particular, mas Jess não tem condições de pagar a diferença. Sua única esperança é que a menina vença uma Olimpíada de Matemática que será disputada na Escócia. Mas como eles farão para chegar lá?
Enquanto isso, um dos clientes de faxina de Jess, o gênio da computação Ed Nicholls, decide se refugiar em sua casa de veraneio por causa de uma denúncia de práticas ilegais envolvendo sua empresa. Entre ele e Jess ocorre o que pode ser chamado de ódio à primeira vista. Mas quando Ed fica bêbado no pub em que Jess trabalha, ela faz questão de deixá-lo em casa, em segurança. Em parte agradecido, mas principalmente para escapar da pressão dos advogados, da ex-mulher e da irmã — que insiste em que ele vá visitar o pai doente —, Ed oferece uma carona a Jess, os filhos e o enorme cão da família até a cidade onde acontecerá o torneio.
Começa então uma viagem repleta de enjoos, comida ruim e engarrafamentos. A situação perfeita para o início de uma história de amor entre uma mãe solteira falida e um geek milionário.

Um Mais Um é o mais novo titulo da autora Jojo Moyes lançando pela editora Intrínseca aqui no Brasil. A Sinopse por si só já instiga a curiosidade de ler o livro, eu já estava curiosa, e depois de como o livro foi apresentado na turnê intrínseca corri para comprar.

SAM_6435Jess é uma mulher trabalhadora e com garra, que possui dois empregos para conseguir sustentar a si mesma, a filha, Tanzie, uma menina adorável e uma prodígio da matemática e o enteado calado e gótico Nicky(que ela considera como filho). O emprego como diarista fez com que os caminhos de Jess cruzassem com os de Ed, ela e uma amiga fazem a limpeza do apartamento dele. Jess odeia Ed, ele é muito arrogante e fez um comentário infeliz que não a agradou nem um pouco. Mas, Jess é uma pessoa boa, ela nunca poderia deixar Ed ir pra casa sozinho no estado em que se encontrava(por mais que ela não o suportasse).

Ed é um geek que junto com seu amigo montou uma empresa de T.I e conseguiu dinheiro suficiente para ele “viver bem”(como ele mesmo fala). Como todo geek, Ed tinha uma queda pela garota mais linda da faculdade. Deanna Lewis,  ela o adicionou no Facebook e promoveu um encontro de ex-alunos, mas para a felicidade e azar de Ed ninguém além dele e Deanna apareceram. O que Ed não imaginou é que ela teria mais problemas do que ele poderia supor, e que ela seria tão desequilibrada e pegajosa. E em uma tentativa inocente de se livrar de Deanna, acaba se envolvendo em sérios problemas na empresa, problemas que podem custar sua carreira e seu cargo. Afastado do cargo e atormentado pelas possíveis consequências que terá que enfrenta, Ed desenvolve o mal habito de se afogar no álcool, e é assim que ele termina bêbado no pub em que Jess trabalha.

A filha de Jess, Tanzie consegue uma bolsa de 90% para uma escola particular, muito prestigiada e cara. E mesmo com tanto desconto, a mensalidade e as despesas adicionais somam um valor que Jess não é capaz de pagar. Entretanto, Tanzie está desesperadamente desejando estudar nesse colégio, afinal o colégio publico no qual o seu irmão estuda não é um bom lugar para pessoas que são diferentes. O irmão de Tanzie, Nicky, sofre bullying constantemente de seu colega de escola e vizinho Fisher.

Jess não quer que a filha tenha o mesmo destino trágico que seu enteado, então, quando o Sr. Tsvangarai professor da escola de Tanzie informa a Jess sobre os prêmios das olimpíadas de matemática e quão grandes são as chances de Tanzie ganhar, ela não pensa duas vezes em pegar os filhos e partir rumo a Escócia. O que ela não contava, era que teria seu “carro” apreendido e ganharia uma severa multa da policia, e quem vocês acham que está passando por perto quando isto acontece? Isso mesmo:Ed. Movido pela senso de gratidão, Ed se vê no dever de socorrer Jess, e a partir dai nossa estória toma seu rumo, com direito a romance e todas as loucuras que vocês podem imaginar.

– Eu levo vocês de carro – disse o Sr. Nicholls.

A cabeça de Jess bateu na moldura da porta.

– O quê?

– Eu levo vocês de carro à Escócia. – Ele pousara o telefone e continuava olhando para o volante. – Acontece que vou ter que ir a Northumberland. A Escócia não é muito longe de lá. Posso deixar vocês.

meiopost11Esse livro é uma delicia, eu li ele em um dia só. Eu não conseguia parar de ler, ele tem diversão e drama na medida certa e o fato dele ser narrado por Jess, Ed, Nick e Tanzie faz com que a dinâmica seja bem maior.

– Nicky, você vai ter que ler o mapa. – Ela olhou para ele, exasperada. – Nicky

– Está bem. Eu leio. Só preciso pegar estas estrelas douradas. São cinco mil pontos.

Tanzie dobrou o mapa como pôde e passou-o por entre os bancos da frente. Nicky mantinha a cabeça baixa sobre o jogo, totalmente concentrado. Justiça seja feita, estrelas douradas eram mesmo muito difíceis de conseguir.

Os personagens são tão inebriantes, Jess uma mulher forte e ao mesmo tempo ingênua, Ed um cara inteligente e de bom coração, mas ao mesmo tempo ignorante e tão ingênuo quanto Jess; Tanzie é uma fofa, que garota esperta e sensível, Nicky um garoto muito especial e sábio e não posso esquecer de Norman, o cachorro, ele é muito leal e vai fazer você se emocionar em um ponto do livro.

Ele estendeu o braço e, com delicadeza, segurou o passador de cinto da calça jeans dela. Puxou-a para si. Jess não conseguia tirar os olhos das mãos dele. E depois, quando finalmente ergueu o rosto para o dele, Ed olhava direto para ela, e Jess percebeu que estava chorando e sorrindo.

– Quero ver o que podemos somar, Jessica Rae Thomas. Todos nós. O que você diz?

Um Mais Um nos mostra como em meio a tantas atribulações e injustiças, coisas boas podem sim acontecer com pessoas boas. Entrou para os meus favoritos ❤

ASS ULY

Anúncios

4 comentários em “Resenha: Um Mais Um – Jojo Moyes

    Bárbara Prado disse:
    3 de maio de 2015 às 17:21

    Nossa Uly, que resenha maravilhosa e completa!
    Já estava morrendo de vontade de ler esse livro (no qual, só leio comentários positivos a respeito dele), agora com sua resenha eu acho que terei que adiantar essa leitura hein rsrs.
    Adorei as fotos também, e seu blog é lindo e super original.
    Bjs
    http://myself-here1.blogspot.com/

    Curtido por 1 pessoa

      itgeekgirls respondido:
      3 de maio de 2015 às 19:21

      Obrigada flor,
      Recomendo bastante, é muito bom
      Adorei seu blog, bjs

      Curtir

    Silvia disse:
    3 de maio de 2015 às 20:40

    Amei esse blog. Amo ler, embora tenha deixado isso de lado ultimamente.

    Tagueei você pra responder a TAG #ILoveMyBlog, passa lá no meu blog pra conferir, tá?
    http://silviapontesblog.blogspot.com.br/2015/05/tag-ilovemyblog.html

    Curtir

      itgeekgirls respondido:
      29 de maio de 2015 às 13:58

      Olá flor, dei uma olhada e já até respondi a tag.(Estou mega atrasada com os comentários rs)
      Beijos

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s