Livro x Filme : Love, Rosie da Cecelia Ahern

Postado em Atualizado em

love-rosie-3A primeira vez que entrei em contato com o trabalho da Cecelia Ahern foi no meio da minha adolescência com o filme ‘P.S. Eu te amo’ e apesar de ter amada o filme e posteriormente o livro eu era um pouco rancorosa em função do final  – e começo e meio também. rs – de ambos , que partiu meu coração de diversas formas possíveis e impossíveis. Mas depois de anos e anos eu fiquei sabendo que outro livro dela ia ser adaptado ( ‘Where Rainbows End’, que foi traduzido como ‘Onde Terminam os Arco-Íris’, é só bem depois veio o igualmente lindo nome ‘Love, Rosie’.)  e a atriz principal era minha queridinha do momento – e ainda é. – a Lily Linda Collins. Resultado: eu corri para ler o livro.

O livro é uma coletânea de emails, conversas por msn (?), mensagens de texto, cartas que vão contando a estória de Alex e Rosie, sua amizade e posteriormente a evolução dos sentimentos deles e dos demais personagens. Eles são melhores amigos de infância, e o livro vai acompanhando isso, narrando todo o trajeto de ambos para a vida adulta. Ele é todo assim e pode parecer cansativo de se ler 400 paginas de emails e coisas do gênero, mas é muito rápido. Isso inclusive intensifica a sensação de tempo perdido que ele passa; você pisca e já leu um quarto do livro e nada se resolveu e aconteceu tanta coisa ao mesmo tempo.

[…] você merece muito mais. Merece alguém que a ame a cada batida de seu coração, alguém que pense a seu respeito a cada instante, alguém que passe cada minuto do dia apenas se perguntando o que você está fazendo, onde está, com quem está e se está bem. Precisa de alguém que possa ajudá-la a alcançar seus sonhos e protegê-la de seus medos. Alguém que vá tratá-la com respeito, que ame cada aspecto seu, especialmente suas falhas. Você deveria estar com alguém que possa fazê-la feliz, realmente feliz, flutuando de felicidade.

É agonizante a expectativa pra eles ficarem juntos! Eu já estava me contorcendo de ansiedade e morrendo de medo de ser um desses livros a lá ‘Dear Jonh’ em que você se apega aos personagens, torce por eles e eles terminam separados. Mas apesar disso não é sofrido, mesmo com todos os problemas, os desencontros; Eu ficava com muita raiva em muitos momentos, mas muito mesmo, mas meu coração não foi partido.  É o fim foi lindo, mesmo que tenha demorado 50 anos. Foi frustante pela demora, mas lindo da mesmo forma. ❤

love-rosie-05

Sobre o filme: a melhor coisa sobre ele foi o fato não terem enrolado tanto e ainda terem adaptado ele de forma bem fiel ao livro. Houve mudanças? Sim, bastante. Mas nada que altera o sentido da estória. Algumas coisas foram totalmente alteradas, alguns personagens excluídos em pró de outros – que foi o caso do Steve, o marido da Rosie no livro. No filme ele foi substituído pelo Gregg, o pai da Katie; o que foi ótimo, porque o Steve era um chato e o personagem do Gregg foi mais explorado. – e pequenas mudanças nos personagem, mas nada de drástico. A única coisa que eu senti falta foi não terem explorado mais a Katie, a filha Rosie e do Gregg no filme. Ela é genial no livro, eu morria de rir com suas tiradas e seus emails com o Alex. Se você só viu o filme, imagine a Rosie ainda mais direta: essa era a Katie no livro.

Obrigada pela carta. Fico feliz que você gostou do meu vestido, mas se eu fosse você tinha usado um vestido mais bonito, que nem o que a minha mãe estava usando no dia do seu casamento. Todo mundo falou que o vestido dela combinou muito bem com a roupa de Alex. – Katie para a esposa do Alex.

15703934051_eb820b0d8c

A Lily não fica uma fofa como mamãe?
A Lily não ficou uma fofa como mamãe?

Apesar de parecer meio clichê – toda essa estória de amigo e amiga que se apaixonam e etc. Mas é um romance – uma comedia romântica na verdade – incrivelmente  bem desenvolvido e original. A relação do Alex e a Rosie é unica e ao mesmo tempo tão propicia a acontecer com qualquer um. A Rosie é uma personagem tão cativante; é impossível não gostar dela com seu humor e sua força pra lidar com ser uma mãe solteira e seus respectivos problemas. E o Alex apesar de ser um pouco enrolado em relação a ela, ele é um amor. Eu me encantei por ambos no livro e isso só foi intensificado no filme com a atuação da Lily Collins e do Sam Claffin ( que também vai ser o Will de ‘Como eu era antes de você’ da linda da Jojo Moyes ). Ambos são adoráveis individualmente e quando estão juntos isso só é mais evidente.

img_9606

Eu indicaria pra absolutamente qualquer um; ‘Love, Rosie’ tem cinco estrelas ganhas facilmente. É uma estória linda, sensível e bem feita. É virtualmente impossível não se apaixonar. Se você ja leu o livro ou viu o filme deixe sua opinião e se não fez você já tem a dica.

Não importa onde você esteja ou o que esteja fazendo – ou com quem esteja. Não importa ; não muda nada. Eu sempre amei e vou amar , honestamente, verdadeiramente, completamente você.

subpost

Anúncios

Um comentário em “Livro x Filme : Love, Rosie da Cecelia Ahern

    Isadora de Moura disse:
    20 de maio de 2015 às 13:41

    Aiii ter lido a tua resenha me deixou supeeer curiosa p ler o livro,já amei o filme e vi umas 4 vezes,imagina o livro haaha
    Vdd poderiam ter explorado mais alguns personagens,mas eu fico feliz que no livro eles não demoraram tantooo assim para ficarem juntos,até pq 50 anos é tempo p caramba!
    Eu amooo essas comédias românticas clichezonas,Sempre me apaixono pela história ❤
    Ótima resenha.Irei ler o livro agora haha
    Beeijos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s