Sense8 dos irmãos Wachowski I Crítica

Postado em Atualizado em

sense8-12Nesse mês a o site de streaming Netflix – o queridinho dos nossos corações – disponibilizou a primeira temporada de mais uma série original: Sense8. Seguindo o formato de 12 episódios, a série foi criada por J. Michael Straczynski  e os irmãos Lana e Andy Wachowskis, muito conhecidos pela trilogia Matrix e A Viagem. A série tem causada nas redes sociais devido a algumas cenas polêmicas, mas não é só disso que se trata Sense8; é uma série cheia de camadas que vão muito além das pontas do Alfonso Herrera.

A série de baseia da ideia que há grupo de pessoas que são ligadas tão profundamente que podem compartilhar emoções, se comunicar sem nenhum tipo de auxilio mesmo estando do outro lado do mundo e em casos de necessidade podem compartilhar habilidades.Eles nascem ao mesmo tempo e vem de culturas diferentes. Aqui acompanhamos um grupo especifico, que são completos estranhos uns aos outros e em sua maior parte de culturas e países diferentes, mas são imediatamente ligados quando Angela, uma sensante os liberta – na verdade o termo é ‘dar a luz’, séria mais como um renascimentos deles como sensante, ou despertar. – poucos instantes antes de se suicidar para protege-los do Whispers ,o tipico vilão que traiu a própria espécie.

000a8e28-630

A série trabalha a ideia de uma conexão praticamente completa com outras pessoas em cima do clichê da organização governamental caçando determinado grupo por uma diferença especifica.  Isso é muito bom porque ela cria um padrão de comportamento que facilita a forma com que a série flui, mas também faz a trama ser demasiada simplista; são um monte de pequenos detalhes entre grandes eventos e em uma mão errado pode se torna um desastre. Mas isso não acontece na primeira temporada e tenho fé que ele vão manter o cuidado no desenvolvimento dos acontecimentos na próxima.

Apesar de ter um fundo muito emocional a série não se prende a isso; ela tem cenas de ação bem coreografadas e nenhum toque de censura; você vai ver sangue, membros decepados e armas fazendo grandes estragos mas nada disso em excesso. Eles se prendem ao realismo a quase todo momento. Isso também acontece no lado sentimental da série, que da o mesmo foco para cenas de sexo, que são presentes mas não excessivas.

315586.jpg-c_640_360_x-f_jpg-q_x-xxyxx

Em relação aos personagens principais; todos tem seu espaço bem delineado e se dividem em seus dramas pessoais e os problemas gerais do grupo. Eles tem características muito diferentes e isso é explicado: a ideia é que a diversidade seja a base para a evolução da espécie.  E é exatamente isso que acontece no decorrer da série, suas diferentes experiencias e habilidades são usadas para auxilar os outros. As melhores cenas são definitivamente as que há interações com vários membros do grupo ao mesmo tempo, passando aquela sensação de unidade.

É um pouco complicado ter um preferido em Sense8, porque eles são tratados como varias partes de uma só pessoa. Mas nessa temporada o personagem mais interessante é facilmente o Wolfgang, um mafioso alemão. Ele tem sua historia pessoal finalizada só no penúltimo episodio, que mostrou um lado mais cru do personagem. Ele foi um amigo para Felix, um companheiro para os outros sensantes, um amor para Kala e então um assassino frio. E eles trabalhos essas linhas na estória dele de forma que elas se misturam e nenhuma assume completamente o controle. Um exemplo é como ele pode tirar a vida de basicamente qualquer um sem um peso minimo na consciência mas estava pronto para largar tudo para ficar com a Kala e está sempre hiperconsciênte dos demais membros do grupo.

A série tem minha aprovação máxima e já estou ansiosa para a próxima temporada, que infelizmente ainda não tem nenhuma informação divulgada. Se você já assistiu, deixe sua opinião aqui em baixo.

nwesub.

Anúncios

7 comentários em “Sense8 dos irmãos Wachowski I Crítica

    Gustavo Mendes disse:
    16 de junho de 2015 às 20:17

    Olá Evellyn!
    Vi o trailer dessa série e a chamada lá no netflix, mas confesso que não me interessei muito.
    Tem uma premissa bacana, mas infelizmente não faz meu estilo.
    Caso eu dê uma chance a série eu venho te contar o que achei.
    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/2015/06/tag-skoob-minha-estante-virtual.html

    Curtir

      itgeekgirls respondido:
      16 de junho de 2015 às 21:06

      Da uma oportunidade sim Gustavo, confesso que entre sinopse e divulgação ela foi fraca, mas vale super a pena assistir.

      Curtir

    Fernanda disse:
    18 de junho de 2015 às 19:38

    Oi!
    Gostei do seu texto, uma critica muito bem construída.
    Eu estou mega ansiosa para assistir a serie, vejo alguns amigos comentando e mal vejo a hora.

    Bjs!

    Curtir

    a.s.ferreira disse:
    18 de junho de 2015 às 21:54

    Olá! A Netflix sempre original. Ouvi alguns comentários sobre essa série, virou uma sensação nos grupos sobre esse tema. Bou dá uma olhada no primeiro ep, se eu gostar, continuo vendo os outros. Beijos!

    Curtir

    umnovoroteiro disse:
    19 de junho de 2015 às 08:32

    Olá, tudo bem??

    Por conta dos estudos já faz 2 meses que eu não abro o netflix… Super me interessei pelo enredo dessa série, eles sempre nos viciam em algo novo né!! Já anotei ela pra assistir e ver se eu gosto nas férias…

    XOXO
    Umnovo-roteiro.blogspot.com

    Curtir

    Suelen Fernandes disse:
    19 de junho de 2015 às 21:05

    Olá!
    Já tinha ouvido falar desse seriado. E com certeza vai ser mais um que vou acompanhar.
    Parece ser bem bacana.
    Adorei a dica.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    Curtir

    irisvandaoliveira disse:
    21 de junho de 2015 às 11:33

    Olá. Vi vários comentários dessa série ultimamente mas infelizmente no momento não me senti curiosa para assistir, até porque de séries recentes estou fugindo um pouco para no futuro não ficar querendo morrer com a espera das temporadas e dos episódios.
    Mas que bom que te agradou até agora.
    Beijos, sucesso.
    http://www.inspiradaporpalavras.com.br

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s